Três exercícios para o golfista acima dos 50 melhorar seu jogo…

Compartilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone
-Ex 1: Rotacão com elástico sentado: objetivo: Força de centro e mobilidade de ombros e coluna

– Ex 1: Rotacão com elástico sentado: objetivo: Força de centro e mobilidade de ombros e coluna

Na semana passada avaliei um jogador na faixa dos 60 anos e ao questionar seu professor de golfe sobre quais eram os problemas evidentes no swing do aluno, o professor respondeu:

  • O jogo dele é isso ai, não tem como melhorar mais.

Tentando disfarçar meu constrangimento perante os dois, enguli em seco e disse:

  • Sempre tem como melhorar. O corpo responde ao estimulo adequado em qualquer idade.

Um profissional que encara o jogador sênior e super sênior como caso perdido, como fim da linha, não deveria ser considerado profissional. Ele simplesmente está justificando sua incapacidade de ensinar com a inabilidade do jogador. Me desculpem, mas se o aluno não aprende, a culpa é do professor. É preciso saber adaptar o swing para cada tipo de corpo. Não existe um swing único para todos.

-Ex 1: Rotacão com elástico sentado: objetivo: Força de centro e mobilidade de ombros e coluna

– Ex 1: Rotacão com elástico sentado: objetivo: Força de centro e mobilidade de ombros e coluna

Inegavelmente passamos pelo processo de envelhecimento, todos vamos descer a ladeira eventualmente, mas a diferença está em como vamos descer. Elegantemente ou em desabalada carreira? Se você cuida do seu corpo a taxa de envelhecimento será menor, mas anos de sedentarismo e maus hábitos com certeza vão ter consequências na melhor idade.

Fisicamente o envelhecimento provoca perda de massa magra a partir dos 50 anos e em maior proporção a partir dos 60 o que causa uma diminuição gradativa em força e potência. Os músculos e tendões também sofrem com diminuição da lubrificação e elasticidade  e aparecem dores decorrentes de atritos entre a cartilagem e os ossos e rigidez na mobilidade.

Por essa razão, o golfista acima dos 50 tem como maior dificuldade a amplitude de movimento e a geração de velocidade e potência. A consequência no swing é a perda da distância. Normalmente o aumento do número de lesões neste grupo é consequência de tentar ultrapassar limites físicos para ganhar umas jardas a mais. Treinos longos e swings forçados são inimigos do jogador sênior.

-Ex 3: Mobilidade lombar na bola: Dissocição força de centro, mobilidade intravertebral lombar

– Ex 3: Mobilidade lombar na bola: Dissocição força de centro, mobilidade intravertebral lombar

A minha dica é: Jogue dentro de seus limites físicos, mas ao mesmo tempo, tente expandir esses limites com treinamento físico e técnico.

A seguir sugiro 3 exercícios que podem ser incluídos na rotina sem riscos, mas o indicado seria procurar um especialista para montar um programa de treinamento visando a longevidade em campo.

Lembre que se conformar com mediocridade é característica de alguém que desistiu. Você sempre pode ser melhor do que ontem. Cuide do seu corpo, o golfe é o melhor esporte do mundo porque é possível jogar por muitas décadas e continuar competitivo. Vejam  caso do Davis Love III, que aos 51 anos de idade conseguiu vencer na semana passada todos os garotões de 20 no PGA.

  • Ex 1: Rotacão com elástico sentado: objetivo: Força de centro e mobilidade de ombros e coluna
  • Ex 2: Agachamento com rotação de quadril: Força de membros inferiores, dissociação e mobilidade de quadril
  • Ex 3: Mobilidade lombar na bola: Dissocição força de centro, mobilidade intravertebral lombar

Agradecimento especial à Luzia Taninaga, Capitã do Lago Azul Golfe Clube

-Ex 2: Agachamento com rotação de quadril: Força de membros inferiores, dissociação e mobilidade de quadril

– Ex 2: Agachamento com rotação de quadril: Força de membros inferiores, dissociação e mobilidade de quadril

-Ex 2: Agachamento com rotação de quadril: Força de membros inferiores, dissociação e mobilidade de quadril

– Ex 2: Agachamento com rotação de quadril: Força de membros inferiores, dissociação e mobilidade de quadril

-Ex 2: Agachamento com rotação de quadril: Força de membros inferiores, dissociação e mobilidade de quadril

– Ex 2: Agachamento com rotação de quadril: Força de membros inferiores, dissociação e mobilidade de quadril

Edição: 

Veja também:

11º Torneio Internacional da APG será em Punta Cana 11º Torneio Internacional da APG será em Punta Cana
TomTom lança reglógio para golfistas no Brasil TomTom lança reglógio para golfistas no Brasil
3º Torneio de Golfe Casa Ronald McDonald Campinas no Lago Azul Golfe Clube 3º Torneio de Golfe Casa Ronald McDonald Campinas no Lago Azul Golfe Clube
3° Aberto Terravista de Golfe em Trancoso, na Bahia 3° Aberto Terravista de Golfe em Trancoso, na Bahia
© 2019 Jornal do Golfe. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.
Toborino Software