Lista/Grade

Interclubes: Guarujá vence o Ibiúna. PL e Imperial empatam

Equipe Guarujá

Equipe Guarujá

As semifinais do 17º Interclubes com Handicap Índex Masculino do Estado de São Paulo começaram equilibradas, nesta quarta-feira, 9 de outubro.

O Guarujá, que recebeu o Ibiúna, venceu pela contagem mínima de 7 x 5, enquanto o PL, que mandou o outro jogo de ida em seu campo, em Arujá, empatou com o Imperial (6 x 6).

Os jogos de volta, dentro de duas semanas, na quarta-feira 23 de outubro, com mando do Ibiúna e Imperial (Bragança Paulista), definirão os finalistas que decidem o título em novembro, também em jogos de ida e volta.

Nesta fase decisiva do Interclubes os confrontos são na modalidade Match Play, com dois jogos de duplas e quatro individuais. Vitórias valem dois pontos e empates um ponto para cada. Os times que somaram mais pontos na soma dos confrontos de ida e volta vencem a disputa. Em caso de igualdade, o desempate será pelo total de buracos ganhos por cada time nesses confrontos, também chamados de pontos pequenos (ex.: se um jogador vence por 4 & 2 ele ganhou quatro buracos; 1 up, um buraco).

Guarujá – O Guarujá sofreu para vencer o Ibiúna em casa, depois de perder um jogo de duplas e empatar outro, na rodada da manhã, quando Anselmo Aragon e Rodolfo Janeli foram superados por 3 & 2 (venciam por três buracos restando dois a jogar), por Alexandre Cavaleiro e Mauricio Cotrin. No outro jogo, Luiz França e Itamar Gaino empataram com Alberto Jesus Azevedo e Cristian Puras Berti, totalizando 3 x 1 para o Ibiúna.

A virada veio à tarde, quando o Guarujá venceu dois jogos individuais muito disputados e empatou os outros dois. As vitórias foram de Virgílio Carolino, por 1up, sobre William Muniz, e de Delpho Pelosini, por 2 & 1, sobre Cristian Puras Berti. Adauto Kiyota que empatou com Alberto Jesus Azevedo e Antônio Ferreira Filho, no outro empate com Mauricio Cotrin, fecharam o placar de 7 x 5 para o Guarujá.

Empate – Na outra semifinal o PL GC não conseguiu aproveitar a vantagem de jogar em casa e cedeu empate para o Imperial. Pela manhã, uma vitória para cada lado, com Kunio Ishihara e Milton Seki Inoue batendo Ivair Carlos Tadei e Robson Segalla por 2 & 1, e Seizo Yano e Satoru Harayama sendo derrotados por 1 up por Renan Silva e Fabiano Pires Vieira.

À tarde, nos jogos individuais, duas vitórias para cada lado, selando o placar de 6 x 6. Seizo Yano venceu Robson Segalla por 2 & 1 e Norio Yamamoto ganhou de Renan Silva por 3 & 2; mas Luis Massateru Kibe perdeu para Fabiano Pires Vieira por 3 & 2, e Milton Seki Inoue foi derrotado por Ivair Carlos Tadei por 6 & 5, a vitória mais rápida da rodada (o jogo terminou no buraco 13).

Veja também:

Fred Biondi assume a vice-liderança do Latin America Amateur Championship (LAAC) Fred Biondi assume a vice-liderança do Latin America Amateur Championship (LAAC)
Alexandre Rocha disputa o The Bahamas Great Abaco Classic, segunda etapa do Korn Ferry Tour Alexandre Rocha disputa o The Bahamas Great Abaco Classic, segunda etapa do Korn Ferry Tour
Taça de Abertura da temporada de 2022 do Campo Olímpico do Rio de Janeiro Taça de Abertura da temporada de 2022 do Campo Olímpico do Rio de Janeiro
Torneio de Golfe na Riviera de São Lourenço na próxima segunda-feira, dia 24 de janeiro Torneio de Golfe na Riviera de São Lourenço na próxima segunda-feira, dia 24 de janeiro
© 2022 Jornal do Golfe. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.
Toborino Software