Lista/Grade

Nelly Korda, dos Estados Unidos, ganha a medalha de ouro no Japão

Mone Inami, Nelly Korda e Lydia Ko Foto: Stan Badz PGA TOUR/ IGF

A número 1 do raking mundial Nelly Korda, dos Estados Unidos, confirma seu favoritismo e conquita a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio, que terminou nesta madrugada do sábado, dia 7 de agosto, no campo leste do do Kasumigaseki Country Club, em Saitama.

A jovem de 23 anos terminou o torneio com menos 17 abaixo do par, com 267 tacadas (67-62-69-69), apenas uma tacada de diferença das segundas colocadas, que terminaram com menos 16, 268 tacadas. Mone Inami, do Japão, de 22 anos, fez 70-65-68-65, e Lydia Ko, da Nova Zelândia, de 24 anos, jogou 70-67-66-65. Mone Inami derrotou Lydia Ko, que terminou em segundo lugar nos Jogos Olímpicos do Rio de 2016, com um par no buraco 18 no primeiro buraco de um playoff  para ganhar a Medalha de Prata.

Nelly Korda
Foto: Stan Badz PGA TOUR/ IGF

Em um dia de muitas voltas e reviravoltas, foi a resiliência da norte-americana Nelly Korda que garantiu seu lugar na história como uma medalha de ouro olímpica.

“É uma sensação incrível”, disse Korda, que este ano ganhou seu primeiro campeonato importante, tornou-se a número 1 do mundo e agora conquistou o ouro olímpico. “Depois de hoje Lydia estava jogando muito bem, Mone também, as duas jogaram muito bem, então estávamos todos agrupados lá. Foi muito estressante, mas consegui me controlar, lutei muito. ”

Mone Inami
Foto: Stan Badz PGA TOUR/ IGF

“Perdi a oportunidade de ganhar o ouro por causa da minha falha, mas ainda estou encantada”, disse Mone Inami, que joga no Japan LPGA Tour. “Estes Jogos Olímpicos foram realizados no Japão e estou muito grato por ganhar esta medalha. Estou tão feliz.”

Lydia Ko entrou no dia com as palavras de seu treinador em mente, que “o que tem que ser vai ser. Então eu acho que é o que tentei pensar hoje. As Olimpíadas são uma ocasião muito especial onde, obviamente, sim, jogamos pelo nosso país diariamente, mas estamos realmente jogando por eles, isso significa muito apenas para nós. Então, sim, é uma grande honra poder trazer duas medalhas para a Nova Zelândia e ser duas vezes medalhista nos últimos dois Jogos. ”

Lydia Ko
Foto: Stan Badz PGA TOUR/ IGF

A marcha de Korda rumo ao título feminino de golfe vinha sendo acompanhada desde que ela assumiu a liderança do segunda rodada, a caminho de seu recorde de 62. Ela rapidamente aumentou sua vantagem para quatro com um birdie no segundo buraco antes de sua coroação dar um desvio inesperado com um duplo bogey no par 5 no buraco 7. Isso apagou o que então era uma vantagem de duas tacadas sobre Ko e Ashok e trouxe outras para a disputa, incluindo Emily Kristine Pedersen da Dinamarca (uma atrás) e Inami (duas catrás).

 

Veja também:

Fred Biondi assume a vice-liderança do Latin America Amateur Championship (LAAC) Fred Biondi assume a vice-liderança do Latin America Amateur Championship (LAAC)
Alexandre Rocha disputa o The Bahamas Great Abaco Classic, segunda etapa do Korn Ferry Tour Alexandre Rocha disputa o The Bahamas Great Abaco Classic, segunda etapa do Korn Ferry Tour
Taça de Abertura da temporada de 2022 do Campo Olímpico do Rio de Janeiro Taça de Abertura da temporada de 2022 do Campo Olímpico do Rio de Janeiro
Torneio de Golfe na Riviera de São Lourenço na próxima segunda-feira, dia 24 de janeiro Torneio de Golfe na Riviera de São Lourenço na próxima segunda-feira, dia 24 de janeiro
© 2022 Jornal do Golfe. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.
Toborino Software