Lista/Grade

54º Campeonato Aberto do São Fernando Golf Club

São Fernando Golfe Clube

O 54º Campeonato Aberto do São Fernando Golf Club, que começa nesta sexta-feira, 5 de julho, e prossegue até domingo, 7, valendo para o Ranking Mundial Amador de Golfe (WAGR) e para o Ranking Nacional, reunirá o recorde de 48 jogadores na categoria scratch, entre eles muitos dos melhores do Brasil, além de convidados da Argentina, Chile e Paraguai. Metade (24) são golfistas com handicap índex abaixo de 3, incluindo nove que jogam com índex positivos.

Nesta primeira etapa do Aberto do São Fernando, além da competição válida para o ranking mundial amador de golfe (WAGR), exclusiva para as categorias scratch, haverá disputas entre seniores scratch (até 14) e por handicap índex de 8,6 a 14, valendo para os rankings da Federação Paulista de Golfe (FPGolfe). Estarão em campo 102 jogadores de 26 clubes de quatro estados. Na segunda etapa, no final de semana seguinte, dias 13 e 14 de julho, jogam as categorias, de 14,1 a 19,4; 19,5 a 25,7; e de 25,8 em diante.

Brasileiros – O gaúcho Matheus Balestrin, do Porto Alegre Country Club, o número 2 do Brasil e Top 200 do ranking mundial de golfe, será o jogador mais bem ranqueado em campo, ao lado de mais quatro dos 13 melhores do ranking nacional: Herik Machado, do Damha (7º), o paranaense Jocimário Souza, do Santa Mônica (9º), Igor Cruz, do Damha (11º) e Fernando Silva, do Campinas Golf Center (13º). Os destaques da casa são Leonardo Dale, terceiro colocado em 2021 e 2023; Alex Hirai; Felipe Shuter; Dylan Song; Matheus Martinelli; e Nick Song, todos com índex inferior a 3.

Jogadores importantes como Andrey Borges, de Brasília, o número 1 do Brasil, campeão de 2021, não pode participar, assim como Guilherme Grinberg, do Lago Azul, campeão em 2019, e Marcos Negrini, do Damha, respectivamente os números 3 e 4 do Brasil, ambos defendendo o país, nas mesmas datas, no Aberto Mexicano Amador, que dá vaga para o The Open e para a seletiva final do US Open. O mesmo aconteceu com os melhores juvenis do Brasil, incluindo vários do clube, que estão até sexta-feira disputando o Campeonato Brasileiro Juvenil, no Gávea (RJ).

Estrangeiros – Entre os convidados do exterior, que tentam vencer o torneio pelo segundo ano consecutivo – em 2023 o campeão foi o argentino Juan Giacomi – o destaque é o chileno Facundo Moraga, Top 500 do mundo, que já venceu sete torneios do WAGR e foi Top 10 em outras 21 competições nos últimos dois anos, incluindo o Sul-Brasileiro de 2023. Outros destaques são os argentinos Mateo Pulcini (1027º do mundo), que vem de uma vitória no Gran Premio Rio Cuarto, do WAGR, em seu país, e Ramiro Veiga (1570º); e o paraguaio Matías Koropeski (1.569º), campeão do Optimist International Junior Golf Championship de 2023.

Além desses quatro estrangeiros, haverá outros sete brasileiros que estão no ranking mundial amador, fazendo com que a competição tenha um índice técnico elevado e distribua muitos pontos para o WAGR. Com isso, é possível que até o terceiro colocado ingresse direto do ranking mundial, caso ainda não esteja na lista. Para entrar no WAGR é preciso somar aos menos 6,5 pontos em um evento válido. O argentino Giacomi, hoje o número 478 do ranking mundial, conseguiu a maior pontuação de sua carreira (9,36 pontos) ao vencer a competição do ano anterior.

Dificuldade – O Aberto do São Fernando é tradicionalmente um dos eventos mais difíceis do Brasil, tanto pelo design do campo, que exige muita habilidade, como pela preparação do percurso de 7003 jardas e par 71 (35-36). O menor resultado de um campeão em tempos recentes foram as 214 tacadas, uma acima, com que Guilherme Grinberg, ainda juvenil, venceu em 2019, num desempate contra Matheus Park. Andrey venceu com 13 acima, em 2021, e Giacomi com 9 acima, em 2023. O torneio não foi jogado em 2017 e 2022 por causa de reformas no campo, e em 2020, devido à pandemia.

Entre os jogadores desta primeira etapa estão Rodrigo Somlo, presidente do São Fernando, e Flávio Maschietto, vice-presidente de Desenvolvimento e Novos Projetos da FPGolfe, que receberão os convidados em campo. A Comissão de Honra terá Osmar da Costa Sobrinho, Ademir Mazon, Rodrigo Somlo e Francisco Buny. A Comissão do Campeonato será formada por Pedro Garcia de Souza (Diretor do Torneio), André Conolly, Jaime Gonzalez, Mauro Batista, Richard Conolly e Robson Xavier. Os árbitros serão Adrian Mackenzie, Claudio Mesquita e Frank Cazabon.

Patrocínios – O 54º Campeonato Aberto do São Fernando Golf Club tem Patrocínios VIP de Matrix, Cyrela, Stuttgart/Porsche e BSS. Os patrocinadores e apoiadores são B&T Câmbio, Iguatemi São Paulo, Quadra Realty, Grand Cru e RQ Fisioterapia e Bem-estar. A organização é do São Fernando Golf Club, com supervisão do R&A, WAGR, Confederação Brasileira de Golfe e Federação Paulista de Golfe.

Veja também:

Crianças de escolas públicas de Quatro Barras participam de aulas gratuitas de golfe Crianças de escolas públicas de Quatro Barras participam de aulas gratuitas de golfe
Alexa, classificada no Juvenil de SP, estreia no Optimist International Junior Championship Alexa, classificada no Juvenil de SP, estreia no Optimist International Junior Championship
Rodrigo Lee vence o 3º Grama Pro Invitational & Pro-Am Rodrigo Lee vence o 3º Grama Pro Invitational & Pro-Am
Inscrições abertas para o Curso de Formação de Árbitros Nível II Inscrições abertas para o Curso de Formação de Árbitros Nível II
© 2024 Jornal do Golfe. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.
Toborino Software