Lista/Grade

Estados Unidos e Paraguai ganham medalha de ouro no golfe dos Jogos Pan-Americanos de 2019

Compartilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone
Nina Rissi, Alexandre Rocha, Luiza Altmann e Adilson da SIlva Foto: Jonne Roriz/COB

Nina Rissi, Alexandre Rocha, Luiza Altmann e Adilson da SIlva
Foto: Jonne Roriz/COB

Os Estados Unidos ganharam medalha de ouro na disputa feminina e por equipe, e o Paraguai entre os homens, nos Jogos Pan-Americanos de 2019 de Lima, no Peru, que foi disputado em quatro rodadas no Lima Golf Club, de 8 a 11 de julho. Participam 64 golfistas, sendo 32 homens e 32 mulheres, de 17 países. 

O Brasil não teve uma boa participação no golfe e o melhor resultado foi de Alexandre Rocha que terminou com 279 tacadas (70-69-73-67), -5, em 14º lugar. Rocha fez no domingo, último dia, sua melhor volta, fechando o dia com -4. Adilson da Silva também conseguiu sua melhor volta no último dia da competição, com as mesmas -4 tacadas, para totalizar 284 (75-71-71-67), no par do campo, em 20º lugar.

Foto: Miriam Jeske / Lima 2019

Foto: Miriam Jeske / Lima 2019

As medalhas do Pan ficaram com o paraguaio Fabrizio Zanotti, após playoff contra o guatemalteca Jose Manuel Toledo Novales e o chileno Guillermo Artur Pereira Hinke. A disputa final foi em onze buracos e os três terminaram o torneio com 269 tacadas, – 15.
A medalha de ouro ficou com o paraguaio Fabrizio Zanotti (64-67-68-70), profissional que atualmente joga nos torneios do PGA European Tour. A medalha de prata com o guatemalteca Jose Manuel Toledo Novales (69-68-68-64) e a de bronze com chileno Guillermo Artur Pereira Hinke (67-67-69-66). Na disputa pela medalha de bronze foram 11 jogados 11 buracos de playoff.

A jovem Nina Rissi, que fez sua estreia em Jogos Pan-Americanos, terminou com 296 (72-72-77-75), +12, na em 17º lugar, e Luiza Altmann, com sua melhor volta no domingo, fechou com 302 tacadas (76-79-74-73), +18, na 23ª colocação.

Miriam Jeske / Lima 2019

Miriam Jeske / Lima 2019

A medalha de ouro ficou com a americana Emilia Migliaccio, com -8, com 276 tacadas (70-68-68-70), número 8 do ranking mundial amador. A paraguaia Julieta Granada ganhou a medalha de prata com 280 tacadas (70-71-71-68) -4, e a de bronze foi ganha pela colombiana Paula Hurtado, com 281 tacadas (71-72-70-68), -3. Elas foram as únicas das 32 golfistas que terminaram o torneio abaixo do par do campo.

A equipe brasileira terminou em 12º lugar na disputa por equipes, entre os 17 países, com 568 tacadas. A medalha de outro foi para a equipe americana com 544 tacadas, -24, formada pelas jogadoras Brandon Wu, John Hagestad III, Emilia Migliaccio e Rose Zhabg.
A medalha de prata foi para a equipe do Paraguai, com 549 tacadas, -19, formada por Fabrizio Zanotti, Carlos Franco, Julieta Granada e Sofia Garcia. A medalha de bronze ficou com a equipe do Canadá, com 552 tacadas, -16, com as atletas William Connelly, Joey Savoie, Mary Parsons e Brigitte Thibault. A disputa por equipes, duplas mistas, valia o melhor resultado masculino e o melhor feminino por dia de cada país

O Brasil levou ao torneio o número máximo de atletas possível para o país, ou seja, equipe completa. Além dos atletas, viajam na delegação brasileira o coach Erik Andersson, o presidente da CBGolfe, Euclides Gusi, e Rodrigo Rangel, como chefe de delegação.

O Brasil bateu seu recorde com o total de 171 medalhas, sendo 55 ouros, 45 pratas e 71 bronzes. Foram 30 medalhas a mais que as últimas duas edições em Guadalajara 2011 e Toronto 2015. Em medalhas de ouro foram 55 no Peru, três a mais em relação ao Rio em 2007, melhor resultado até então. E terminou Jogos Pan-Americanos de 2019 em segundo lugar na segunda posição do quadro geral de medalhas depois 56 anos, atrás somente dos Estados Unidos, repetindo o ocorrido em 1963, no Pan de São Paulo.

Veja também:

Aberto do Clube de Campo neste final de semana Aberto do Clube de Campo neste final de semana
Aberto do Vila da Mata, dias 26 e 27 de outubro será moto como prêmio para hole-in-one Aberto do Vila da Mata, dias 26 e 27 de outubro será moto como prêmio para hole-in-one
6º Aberto Terravista de Golfe, de 17 a 19 de outubro, em Trancoso 6º Aberto Terravista de Golfe, de 17 a 19 de outubro, em Trancoso
27º Torneio Kibô-no-Iê de Golfe no Arujá Golf Clube 27º Torneio Kibô-no-Iê de Golfe no Arujá Golf Clube
© 2019 Jornal do Golfe. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.
Toborino Software