Lista/Grade

China é campeã da final mundial do World Corporate Golf Challenge 2019

Compartilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone
Brasileiros no Oitavos Dunes

Brasileiros no Oitavos Dunes

A dupla da China, Qi Sen Zhao e Wei Zeng, venceu a final mundial do World Corporate Golf Challenge (WCGC 2019), realizado no campo do Oitavo Dunes Golfe Course, na cidade de Cascais, em Portugal. Em segundo lugar ficou a Ìndia e em terceiro Portugal.

Os brasileiros ficaram em décimo terceiro e décimo quarto lugares. Os golfistas paulistas se classificaram na final do WCGC Brasil realizado há 3 anos pela Golf & Cia, do golfista Paulo Pimentel, e que para 2020 pretende aumentar o número de estados e clubes participantes das classificatórias. Neste ano foi realizado em 14 clubes de vários estados, sendo a final realizado em junho no Terras de São José Golf Clube, em Itu (SP).

Os campeões fizeram 152 pontos (74/78) no torneio disputado na modalidade stabelford. Os indianos, Ankit Puri e Srinath Reddy Kottam, vice-campeões, terminaram com 142 pontos (72/70), e os portugueses, Pedro Perestrelo e Tiago Costa, terceiro lugar, com 138 pontos (76/62).

Renato Araújo e Ricardo Ramires

Renato Araújo e Ricardo Ramires

A dupla campeã no Brasil, Renato Araújo e Ricardo Ramires, do Terras de São José Golf Club, fizeram 116 pontos (56/61) e ficaram na décima terceira posição. Já Almir e Matheus Oliveira, pai e filho, do Damha Golf Club, a dupla vice-campeã no Brasil, também participaram do torneio principal como convidados, e terminaram na décima quarta posição, com 113 pontos (58/55).

Na competição Sport Legends, a disputa aconteceu nos campos do Oitavo Dunes  e no Quinta da Marinha, com a participação do ex-jogador Careca, da seleção brasileira, São Paulo e do Napoli, entre outros clubes, e do golfista Gildo Neves Baptista Jr.

Careca e Gildo Neves Jr

Careca e Gildo Neves Jr

O torneio por convite foi realizado no  formato da Ryder Cup com quatro equipes (20/25 jogadores), capitaneadas por lendas do esporte. Desportistas, convidados de negócios VIP e representantes da mídia em todo o mundo que participaram deste evento paralelo a final do World Corporate Golf Challenge, o maior evento corporativo de golfe do mundo. Neste ano, por motivos técnicos, não houve classificação final, e as equipes competiram para arrecadar fundos para a Fundação Scholas, que nasceu em Buenos Aires por iniciativa do então Arcebispo Jorge Bergoglio, hoje Papa Francisco. É uma rede internacional que une estudantes de todo o mundo ao redor de um programa educativo baseado na arte, no desporto e na tecnologia.

Os capitães das equipes foram:

  • Eddie Polland, profissional da Irlanda do Norte, que venceu quatro vezes na turnê européia entre 1973 e 1980. Jogou na Ryder Cup em 1973. Desde os cinquenta anos, ele jogou no European Seniors Tour, onde venceu duas vezes. Ele foi terceiro na European Seniors Tour Ordem de Mérito em 1998 e segundo em 1999.
  •  Gareth Owen Edwards, ex-jogador de rugby do País de Gales, um dos melhores jogadores de Rugby de todos os tempos, talvez o melhor em sua posição. Edwards foi proeminente na seleção nacional galesa que estava em primeiro plano no rúgbi europeu nos anos 60 e 70. Ele é um dos sete jogadores galeses que venceram três Grand Slams.
  • Manuel Piñero, profissional da Espanha com 9 títulos da European Tour, incluindo o British PGA Championship. Ele terminou cinco temporadas no top ten da Ordem do Mérito. Participou de duas Ryder Cup com a equipe européia como jogador em 1981 e foi vice-capitão em 3 ocasiões. Em 1985, ele participou ativamente da vitória da Ryder Cup na Europa, 27 anos depois. Piñero fez parte do time espanhol na Copa do Mundo de Golfe de 1976 a 1982. Vencedor de duas edições, uma delas com Severiano Ballesteros.
Matheus e Almir Oliveira

Matheus e Almir Oliveira

A vigésima sexta edição do WCGC Brasil teve a presença de golfistas amadores de 31 países no torneio principal, sendo 62 jogadores, e mais de 100 golfistas no torneio de convidados. Em 2020 a final mundial será novamente em Portugal e, provavelmente, mudará de país em 2021, podendo ser realizado no Marrocos ou Tailândia.

O WCGC Brasil 2019 contou com a participação de 142 duplas (284 golfistas) e teve patrocínio de Casa em Portugal e apoios de Air Europa, Gocil, Golf & Turismo e Novotel.

Os brasileiros foram recebidos em Portugal por Pascal Gonçalves, diretor da Libertas, grupo imobiliário da qual faz parte a Casa Em Portugal, e Lucy Gomes, representante da empresa no Brasil. Os golfistas e acompanhantes conheceram alguns empreendimentos dos mais luxuosos em Lisboa, como o Unique Belém, um exclusivo conjunto de apartamentos com uma vista panorâmica sobre o rio Tejo, a ponte 25 de abril e o Cristo Rei. E o Praia do Sal Lisbon Resort, que fica a 20 minutos de Lisboa e do aeroporto, na vila de Alcochete cheia de tradição, cultura, gastronomia local, e próximo à reserva natural do estuário do Tejo e junto às salinas do Brito e á beira da praia dos moinhos banhada pelo rio Tejo.

Chineses campeões

Chineses campeões

“Trabalhamos para cumprir a nossa missão: Criar valor, dando lugar à vida”, afirmou Pascal Gonçalves, durante almoço no restaurante Alfoz, em Alcochete. “Todos os empreendimento do grupo tem uma preocupação de respeitar o genius locci ( o “espírito do lugar” ) procurando a melhor integração na paisagem e o menor impacto ambiental”.

No Brasil, a Casa Em Portugal tem como objetivo não só ajudar os brasileiros nas compras de imoveis, mas orientar os melhores investimentos e mesmo como conseguir o Golden Visa, licença especial e temporária para residir e trabalhar em Portugal, destinados a quem investe no país. Há também o RNH (residente não habituais) isenções de taxas para quem alterar a sua residência fiscal para Portugal.

Clique aqui para mais informações no site da Casa Em Portugal.

Oitavo Dunes

Oitavo Dunes

História – O World Corporate Golf Challenge começou no Reino Unido em 1993 em associação com o The Times Newspaper. A intenção era simples: proporcionar às empresas uma plataforma que ajudaria a melhorar as relações tanto internamente (incentivos, comunicações, recursos humanos, etc.) como externamente (clientes, fornecedores, etc.).

Em 1997, o evento tornou-se tão bem sucedido no Reino Unido que o conceito foi lançado em todo o mundo até chegar a países como a Índia, Malásia, Noruega, Suécia, Espanha, Itália, Nova Zelândia, Portugal, Austrália, para citar alguns. Como resultado, o evento é agora uma rede internacional de torneios nacionais de golfe amador promovidos e executados de forma independente pelas organizações (os licenciados) em associação com parceiros locais de mídia impressa nacional. Os vencedores anuais de cada território competem na Final Mundial, representando não apenas sua empresa, mas também seu país.

Quinta da Marinha

Quinta da Marinha

Em 2007, a empresa espanhola OM Sports, comprou a participação majoritária na empresa britânica World Corporate Golf Challenge Ltd. O principal objetivo da nova equipe de gestão era aumentar o número de países onde o evento é jogado.

As revistas TIME e Fortune, além do parceiro de TV Golfing World TV, recentemente se tornaram parceiros internacionais de mídia global e há planos de desenvolvimento para o lançamento de eventos em um total de 50 países na Europa, Oriente Médio, África, Ásia e EUA.

O World Corporate Golf Challenge é o maior torneio de golfe corporativo do mundo e, desde sua criação há 26 anos, mais de um milhão de golfistas competiram em todo o mundo pela chance de representar sua empresa e país nas finais mundiais.

Veja também:

China é campeã da final mundial do World Corporate Golf Challenge 2019 China é campeã da final mundial do World Corporate Golf Challenge 2019
Novos profissionais no Campo Olímpico de Golfe Novos profissionais no Campo Olímpico de Golfe
Bento Assis é vice-campeão no IMG Academy Junior World Championships Bento Assis é vice-campeão no IMG Academy Junior World Championships
Latino-Americano: Matheus, Alessandro, Mazon e Flávio Cabral vencem no Sapezal Latino-Americano: Matheus, Alessandro, Mazon e Flávio Cabral vencem no Sapezal
© 2019 Jornal do Golfe. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.
Toborino Software