Lista/Grade

Guilherme Grinberg amplia vantagem sobre Thomas Choi no Juvenil e Júnior de Inverno de São Paulo

Guilherme Grinberg
Foto: Thais Pastor/F2

Guilherme Grinberg, do Lago Azul, voltou a fazer a melhor volta do dia e ampliou para duas tacadas sua vantagem sobre Thomas Choi, do São Paulo GC, após a disputa, nesta quinta-feira, 15 de julho, da segunda das três rodadas do 16º Campeonato Juvenil e Júnior de Inverno do Estado de São Paulo – 2021, que está sendo disputado no São Fernando Golf Club, em Cotia (SP), valendo para o ranking mundial amador de golfe (WAGR) e para os rankings nacional e estaduais. No feminino, Marina Nonaka do Arujá fez a melhor volta do torneio para virar o jogo, agora com Isadora Fernal, do Poços de Caldas, em segundo, três atrás.

Num dia de “veranico” em pleno inverno paulistano, seco e com as temperaturas beirando os 28º C no começo da tarde, os greens do São Fernando ficaram ainda mais difíceis, com a velocidade beirando os 12 pés no stimpmeter, coisa de PGA Tour. Ainda assim a configuração do campo estava mais fácil do que na estreia, permitindo resultados melhores para a maioria dos jogadores. Apesar disso, o torneio feminino dificilmente valerá para o WAGR pois a campeã teria que jogar no máximo de 24 acima do par na soma dos três dias, como exige o regulamento da entidade. Marina já soma 26 acima, em 36 buracos.

Liderança – Guilherme repetiu o resultado da estreia, mas jogou melhor do que no dia anterior. Ele vinha com duas abaixo até o buraco 15, onde, na tacada de aproximação, de ferro 7 na mão, viu sua bola quicar no green. Mas quando o grupo se aproximou, ninguém achou a bola nas proximidades, supondo-se que ela tenha rolado até a água ao fundo, distante do green. Ele dropou de lá, com penalidade, e não escapou de um duplo bogey. Um bogey-6 no 17 e um par magistralmente salvo no 18, onde tentou ir de drive para o green do par 4, mas viu sua bola parar na raia do 17, muito abaixo do green elevado e protegido por árvores, selaram seu resultado. Ele lidera com 144 (72-72) tacadas, duas acima do par.

Choi, que começou o dia perdendo por uma, fez três birdies, mas também cinco bogeys, para permanecer em segundo, agora com 146 (73-73) tacadas. Renato da Silva Filho, que vem de uma vitória, domingo passado, no Honda Open – Campeonato Bandeirantes, jogou o par de ida, com três birdies e três bogeys, mas devolveu seis tacadas para o campo num intervalo de cinco buracos, para ficar em terceiro, com 152 (75-77), mais perto de ter que defender o terceiro lugar do que de ter chances de lutar pelo título.

Destaques – Matheus Park, do Paradise, fez dois quádruplos bogeys, para ficar empatado em quarto lugar, com 153 (75-78), 11 acima. Ele divide a posição com Rafael Benadiba (75-78), que joga em casa e fez uma rodada “birdie free”, com sete bogeys. A disputa pelo terceiro lugar tem ainda três jogadores empatados com 154: os paranaenses Arthur Locoman (78-76) e Victor Maciel dos Santos (74-80), e Guilherme Ziccardi, do Clube de Campo (77-77).

Na classificação exclusiva dos juniores (19 a 21 anos), Choi lidera com sete de vantagem sobre Matheus e oito à frente de Locoman e Victor. Na juvenil (16 a 18 anos), Gui tem oito de vantagem sobre Renato, com Benadiba outra tacada atrás. Na pré-juvenil (14 e 15 anos), Ziccardi lidera com uma de vantagem sobre Pedro Miyata, do São Fernando, que soma 155 (79-76). Na até 13 anos, Guilherme Yoshikawa, de  Bastos, é o líder com 172 (86-86) e na até 11 anos, Arthur Fernandes, do Terras de São José, tem 191 (99-92). Essas duas categorias jogam de um tee mais à frente do que os demais.

Marina Nonaka
Foto: Thaís Pastor/F2

Feminino – No feminino, Marina Nonaka, do Arujá, assumiu a ponta ao melhorar seis tacadas com relação à estreia, ainda assim com dois duplos bogeys em seu cartão, contra apenas um birdie. Ela soma 168 (87-81) tacadas, 26 acima, e tem três de vantagem sobre Isadora Fernal, de Poços, que totaliza 169 (85-84) e é a recordista de birdies entre as mulheres, com três nessa volta, que foi prejudicada por um triplo e dois duplos bogeys.

Maria Eugenia Peres, de Pelotas, que começou o dia em segundo, perdendo por uma, caiu para o terceiro lugar, com 170 (83-87), tendo feito apenas um birdie, no buraco 1 do primeiro dia. Já Martina Collares, de Porto Alegre, líder da véspera, teve um dia para esquecer e caiu para o quarto lugar, com 171 (82-89), em uma volta “birdie free”, com quatro duplos bogeys no cartão.

Idades – Ana Sung Marques, do Arujá, lidera entre as juniores, com 174 (91-83) tacadas, seguida por Karen Hoshino, mestre e número 1 da equipe japonesa de xadrez, que mora nos EUA, está de férias no Brasil e não jogava um torneio havia dois anos. Ela soma 193 (99-94). Entre as juvenis, Isadora lidera com duas de vantagem sobre Martina, e na até 13 anos, Maria Eugênia lidera com 19 tacadas à frente de Maria Eduarda Ferraz Souza, que soma 189 (95-94).

Veja também:

Gui Grinberg, Martina Collares e Valentina Bosselmann na liderança do 31º Campeonato Brasileiro Amador Pré-Juvenil e Juvenil Gui Grinberg, Martina Collares e Valentina Bosselmann na liderança do 31º Campeonato Brasileiro Amador Pré-Juvenil e Juvenil
Enrico Rissi foi vice-campeão do Panoramica Summer Championship, na Espanha Enrico Rissi foi vice-campeão do Panoramica Summer Championship, na Espanha
Gui Grinberg e Martina Collares saem na frente no 31º Campeonato Brasileiro Amador Pré-Juvenil e Juvenil Gui Grinberg e Martina Collares saem na frente no 31º Campeonato Brasileiro Amador Pré-Juvenil e Juvenil
Alexandre Rocha, Rafael Becker e Rodrigo Lee disputam o Bupa Championship, no México Alexandre Rocha, Rafael Becker e Rodrigo Lee disputam o Bupa Championship, no México
© 2021 Jornal do Golfe. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.
Toborino Software