Lista/Grade

Guilherme Grinberg é campeão pré-juvenil, em Córdoba

Compartilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone
Guilherme Grinberg Foto: Thais Pastor/divulgação

Guilherme Grinberg
Foto: Thais Pastor/divulgação

Guilherme Grinberg, do São Paulo, foi o destaque da delegação da Federação Paulista de Golfe (FPG) que representou o Brasil no 33º Campeonato Juvenil e Júnior – Torneio Internacional de Córdoba, de sexta-feira a domingo, 9 a 11 de março, no La Cumbre Golf Club, na Argentina, ao ser campeão da categoria pré-juvenil (até 15 anos).

A delegação paulista para o torneio que valeu para o ranking mundial de golfe amador (WAGR) foi formada ainda por Matheus Park, do Paradise, Ana Sung Marques e Samire Oliveira, do Arujá.

Gui Grinberg venceu sua categoria de ponta a ponta ao somar 218 (72-68-78) tacadas, oito acima do par. Mesmo piorando dez tacadas em relação à véspera na rodada final, quando o campo esteve muito mais difícil, Gui venceu com cinco tacadas de vantagem sobre Philippe Thorin, do Equador, que somou 223 (75-74-74). Guillermo Antonio Bodart, da Argentina, completou o pódio com 230 (73-79-78).

Juvenis e Duplas – Matheus Park, que foi um dos líderes do primeiro dia entre os juvenis (até 18 anos) e esteve em segundo lugar após 36 buracos, terminou em quinto, com 217 (67-74-76) tacadas, sete acima. O pódio só de argentinos teve Lucas Cena, com 213 (70-70-73), Guillermo Estivill, com 214 (67-75-72) e Francisco Javier Contini, com 215 (68-71-76). Ambos os brasileiros foram Top 20 na classificação geral, que inclui ainda os juniores.

Gui e Matheus foram os líderes na categoria de duplas masculinas após o segundo dia, mas perderam o título para a Argentina, que somou 422 tacadas com Matías Lezcano, campeão geral do torneio, com 207 (68-71-68) tacadas, três abaixo, e Joaquín Ludueña, décimo no geral com 215 (73-70-72). Uma equipe da Federação de Córdoba foi a vice-campeã, com 424 tacadas. O Brasil terminou com 435. Esta foi a quarta vez em cinco anos que Lezcano venceu esse torneio (2014, 2015, 2016 e 2018).

Feminino e Equipes – No feminino, Ana Sung foi a melhor brasileira entre as juvenis e juniores (competiram em categoria única), com 248 (79-82-87) tacadas, na 15ª colocação. Samire ficou em 20º, com 257 (87-84-86). A campeã juvenil e júnior foi Carla Lucero, da Argentina, com 220 (73-75-72), dez acima. Ela, no entanto, não levou o título geral, ganho pela pré-juvenil argentina Rendo Catalina, que também somou 220 (74-74-72) e levou o troféu com um par no primeiro buraco do playoff.

O título da Copa Internacional por Equipes ficou mais uma vez para a Argentina, que teve Matías Lezcano, Joaquín Ludueña, Carla Lucero e Pilar Muguruza somando 878 tacadas. Em segundo terminou a equipe da Federação de Córdoba, com 889.

Edição: 

Veja também:

Primeira etapa do Tour Brasileiro de Golfe Profissional no Guarujá. Aberto também para golfistas amadores Primeira etapa do Tour Brasileiro de Golfe Profissional no Guarujá. Aberto também para golfistas amadores
Herik Machado e Micaela Farah são campeões do 88º Campeonato Amador do Brasil Herik Machado e Micaela Farah são campeões do 88º Campeonato Amador do Brasil
Fernando Vieira dos Santos e Leticia Mont’Serrat  vencem o Aberto do Ibiúna Fernando Vieira dos Santos e Leticia Mont’Serrat vencem o Aberto do Ibiúna
38ª Taça Associação Paulista de Golfe (APG) será realizada no Vila da Mata, dia 11 de agosto 38ª Taça Associação Paulista de Golfe (APG) será realizada no Vila da Mata, dia 11 de agosto
© 2018 Jornal do Golfe. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Valid.
Toborino Software